ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Índices acionários da China recuam pressionados por empresas de saúde

07/06/2018 07h46

XANGAI (Reuters) - Os mercados acionários da China recuaram nesta quinta-feira, com as empresas de consumo e saúde apresentando perdas após os ganhos recentes.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,18 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,20 por cento.

As ações de saúde lideraram as perdas, recuando 1,62 por cento, com investidores realizando lucros após uma forte alta.

O foco dos participantes do mercado continuou sobre as negociações comerciais entre China e Estados Unidos.

O Ministério do Comércio chinês disse nesta quinta-feira que o país não quer uma escalada dos atritos comerciais com os EUA, e que algum progresso foi feito na mais recente rodada de negociações entre os dois países encerrada no fim de semana.

No restante da região, as ações asiáticas atingiram nova máxima de 11 semanas sustentadas por sólidos fundamentos econômicos, enquanto as expectativas de que o Banco Central Europeu possa começar a reduzir seus estímulos em breve impulsionaram o euro e os rendimentos globais de bônus.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha alta de 0,50 por cento às 7:28 (horário de Brasília), atingindo a máxima de dois meses e meio pelo segundo dia seguido.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,87 por cento, a 22.823 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,81 por cento, a 31.512 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,20 por cento, a 3.108 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,18 por cento, a 3.830 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,69 por cento, a 2.470 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,45 por cento, a 11.251 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,15 por cento, a 3.473 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,53 por cento, a 6.057 pontos.

Mais Economia