Bolsas

Câmbio

Preço do aço tem pico em 6 meses na China por inspeções ambientais; minério cai

PEQUIM (Reuters) - Os contratos futuros do aço na China subiram para o maior nível em seis meses nesta quinta-feira, apoiados por inspeções ambientais pelo país que ajudaram a aliviar preocupações sobre um excesso de oferta e melhoraram o sentimento do mercado, enquanto o minério de ferro fechou em leve queda.

Equipes de inspeção foram enviadas para seis regiões, incluindo, os polos de produção de aço de Hebei e Jiangsu, para avaliar violações ambientais encontradas durante checagens no ano passado.

As últimas inspeções, que vão durar até o final de junho, acontecem após uma rodada inicial de checagens.

"Os preços do aço vão mostrar uma tendência de alta conforme as inspeções ambientais colocarem pressão sobre a produção", disseram analistas da CITIC Futures.

O contrato mais ativo do vergalhão de aço na bolsa de Xangai fechou em alta de 1,5 por cento, a 3.807 iuanes (595,75 dólares) por tonelada. Mais cedo na sessão, ele tocou 3.869 iuanes, mesmo nível de 5 de dezembro.

Os futuros do minério de ferro na bolsa de Dalian subiram com o aço, mas depois devolveram ganhos e fecharam em queda de 0,4 por cento, a 469 iuanes por tonelada.

(Por Muyu Xu e Tom Daly)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos