Bolsas

Câmbio

Temer diz que investigação contra ele é movimento político

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Michel Temer voltou a criticar as investigações de que é alvo e disse que isso se trata de um movimento político com o objetivo de desmoralizar o presidente da República.

Questionado sobre o pedido da Polícia Federal, de quebra de seu sigilo telefônico, Temer disse que podem olhar tudo, porque "vão quebrar a cara". Segundo a mídia, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin rejeitou o pedido.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos