ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Piora na cena político-econômica impulsiona resgates em multimercados em maio

08/06/2018 18h15

SÃO PAULO (Reuters) - A deterioração do cenário político-econômico brasileiro nos últimos dez dias de maio aumentou o números de fundos multimercados com registro de resgates no mês passado, com investidores receosos com a piora doméstica nos mercados.

Até o dia 20, cerca de 900 portfólios nesse segmento tinham registrado resgates líquidos, enquanto de 21 a 30 de maio - período em que o Ibovespa caiu 6,2 por cento na esteira da repercussão negativa dos eventos ligados a uma greve de caminhoneiros no país - mais de 1600 fundos tiveram saídas líquidas, de acordo com levantamento da Economatica.

    O estudo elaborado a pedido da Reuters considera todos os fundos multimercados da indústria de fundos do Brasil, excluindo aqueles com alocação igual ou superior a 80 por cento em um único fundo - os chamados fundos espelhos.

Gestores ouvidos pela Reuters recentemente citaram que a forte queda de ações no fim de maio tinha entre seus componentes o aumento recente de multimercados na bolsa, na esteira de um ambiente macroeconômico que vinha levando investidores a buscarem rentabilidades mais atrativas.

"Muitos investidores que entraram nesses fundos no começo do ano, quando as perspectivas eram mais positivas para a bolsa e para o país, se assustaram com os acontecimentos recentes", afirmou nesta sexta-feira um gestor do Rio de Janeiro.

Em seu relatório de gestão de maio, o Fundo Verde disse que "a greve dos caminhoneiros trouxe à tona uma espécie de 'soma de todos os medos', com impactos fiscais (subsídio para o diesel), de políticas públicas (questionamentos sobre Petrobras, incluindo a saída do CEO Pedro Parente), no crescimento e também na inflação".

A equipe liderada por Luis Stuhlberger acrescentou ainda que, além desse choque de curto prazo, o efeito subsequente foi antecipar a discussão eleitoral, que se esperava que tomasse corpo apenas a partir de agosto. "E como em todo momento de incerteza e volatilidade, a emoção tende a dominar a formação de preço dos ativos."

A Adam Capital afirmou em resumo gerencial sobre o desempenho de um dos seus fundos que o ambiente internacional já não é tão favorável para os mercados emergentes como em 2017.

Apesar do movimento, os multimercados ainda encerraram maio com captação líquida de 1,8 bilhão de reais, segundo dados da Anbima conhecidos na véspera. No ano, a captação liquida dos fundos multimercados no ano alcança 44,9 bilhões de reais.

(Por Paula Arend Laier)

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia