Bolsas

Câmbio

Conselheiro de comércio da Casa Branca dá ultimato à ZTE nos EUA

WASHINGTON (Reuters) - A empresa chinesa de tecnologia ZTE será fechada nos Estados Unidos caso se envolva em mais uma atividade supostamente ilegal, disse o conselheiro de comércio da Casa Branca Peter Navarro neste domingo.

A ZTE, com sede em Shenzhen, China, concordou na semana passada em pagar uma multa de 1 bilhão de dólares aos Estados Unidos e reformular sua liderança a fim de acabar com a proibição de compra de peças de fornecedores dos EUA.

A multa, que remonta a uma violação do embargo norte-americano ao comércio com o Irã, impediu que a segunda maior fabricante de equipamentos de telecomunicações da China faturasse a compra dos componentes dos EUA para fabricar telefones e outros dispositivos.

"Serão três avisos contra a ZTE. Se eles fizerem mais uma coisa, serão fechados", disse Navarro à Fox, acrescentando que todos dentro da administração entenderam que essa era a política vigente.

(Reportagem de Michelle Price)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos