ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Edital de leilão de distribuidoras da Eletrobras sairá na sexta-feira, diz BNDES

13/06/2018 11h13

SÃO PAULO (Reuters) - O governo federal deve publicar na próxima sexta-feira o edital de leilão de seis distribuidoras de energia elétrica da Eletrobras, disse nesta quarta-feira o presidente do BNDES, Dyogo Oliveira.

"Estamos satisfeitos que o Congresso Nacional tenha aprovado a urgência do assunto", disse Oliveira a jornalistas após participar de evento do Santander Brasil.

"Agora só faltam alguns detalhes que vão ser discutidos numa reunião do PPI antes de o edital do leilão ser publicado, na sexta".

A Reuters publicou na véspera que a Eletrobras e o governo têm avaliado uma solução emergencial para viabilizar a venda das deficitárias distribuidoras de energia da estatal, o que poderia passar por um acordo para suspender temporariamente discussões sobre a privatização da elétrica.

As seis distribuidoras da Eletrobras atuam em Acre, Alagoas, Amazonas, Roraima, Rondônia e Piauí.

Procurado pela Reuters, o Ministério de Minas e Energia afirmou que a expectativa do governo é ter o projeto de lei sobre a venda dessas distribuidoras aprovado na próxima semana.

Mais cedo, após evento em São Paulo, o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, relatou que tem mantido conversas com lideranças do Congresso nos últimos dias para acelerar a aprovação do projeto e argumentou que a iniciativa é "fundamental" para o fornecimento de energia e a para melhoria da Eletrobras.

"Os temas estão andando na nossa agenda legislativa... Ontem a Câmara aprovou a urgência e estamos na expectativa que esse projeto seja aprovado já na semana que vem, siga para o Senado, viabilizando a privatização das seis distribuidoras", disse Guardia.

O projeto "é fundamental não só para o fornecimento de energia elétrica em seis regiões do país, mas também para avançar na solução de melhoria da Eletrobras".

(Por Aluisio Alves; reportagem adicional de Leonardo Goy, em Brasília, e Taís Haupt, em São Paulo)

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia