PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

China diz ter meios para lidar com instabilidade, em meio a queda do yuan

19/07/2018 07h09

PEQUIM/XANGAI (Reuters) - O regulador cambial da China afirmou nesta quinta-feira que está bem equipado para manter o mercado cambial estável, em meio à intensificação dos atritos comerciais com os Estados Unidos, e preparado para combater a volatilidade dos fluxos de capital se isso surgir.

Wang Chunying, porta-voz da Administração Estatal de Câmbio, afirmou a repórteres que o regulador vai fomentar "o gerenciamento macroprudencial" e "a supervisão de mercado", além de usar medidas "contracíclicas" para lidar com a instabilidade.

Embora Wang não tenha dado detalhes de tais medidas contracíclicas, analistas viram as declarações dela como um alerta de que o banco central não irá tolerar especulação agressiva unilateral contra a moeda.

"Faremos ajustes contracíclicos para lidar com a volatilidade de curto prazo nos mercados cambiais para manter a estabilidade no sistema financeiro e equilibrar os pagamentos internacionais", disse ela a repórteres.

As declarações não impediram a queda do yuan nos mercados doméstico e internacional, onde a moeda enfraqueceu cerca de 7% contra o dólar desde o final do primeiro trimestre e continuou a cair nesta quinta-feira.

A queda do yuan acontece conforme Washington e Pequim intensificam a troca de tarifas e ameaças de taxas sobre os produtos um do outro.

(Reportagem de Kevin Yao em Pequim, John Ruwitch e Winni Zhou em Xangai)