ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Crescimento do setor de serviços da China desacelera mais em agosto, mostra PMI do Caixin/Markit

05/09/2018 07h07

PEQUIM (Reuters) - O crescimento do setor de serviços da China enfraqueceu de novo em agosto uma vez que as novas encomendas acelerou apenas ligeiramente em relação à mínima de mais de dois anos de julho, mostrou nesta quarta-feira a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) do Caixin/Markit.

Em agosto, o PMI de serviços do Caixin/Markit caiu a 51,5, nível mais fraco em 10 meses, de 52,8 em julho. A marca de 50 separa crescimento de contração.

Autoridades do governo defendem há tempos a forte expansão do setor de serviços como evidência do reequilíbrio da economia para um crescimento mais sustentável, embora os gastos mais fracos dos consumidores e a desaceleração do setor imobiliário possam estar contendo a produção geral.

Houve sinais de crescentes pressões de custos no setor de serviços, de acordo com a pesquisa, uma vez que os preços de insumos aumentaram de forma significativamente mais rápida do que os preços cobrados. Ambos subiram em julho.

A confiança nos negócios futuros acelerou em relação à mínima quase recorde de julho, mas permaneceu bem abaixo da média da série, de acordo com o PMI. O crescimento dos novos negócios, que em julho desacelerou para o nível mais fraco desde dezembro de 2015, acelerou apenas modestamente no mês passado.

O PMI Composto do Caixin, que cobre tanto o setor de indústria quanto de serviços, também recuou em agosto, para 52,0 de 52,3 no mês anterior.

(Resportagem de Elias Glenn)

Mais Economia