ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Cotações

Índices acionários europeus caem com tensões comerciais, enquanto bancos italianos sobem

05/09/2018 14h07

Por Julien Ponthus

LONDRES (Reuters) - Os índices acionários europeus fecharam em queda nesta quarta-feira, com as tensões comerciais e as crescentes preocupações com as moedas de mercados emergentes afetando o apetite por risco dos investidores.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 1,2 por cento, a 1.467 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 1,09 por cento, a 376 pontos, com perdas generalizadas entre os setores e centros comerciais, apesar de dados mostrarem que a atividade de negócios da zona do curo acelerou ligeiramente em agosto.

Um raro lampejo de otimismo impulsionou os bancos italianos, que foram sustentados pela declaração do vice-primeiro-ministro italiano, Matuto Salivai, de que Roma "tentaria ser boa" com relação às regras orçamentárias da União Europeia.

As ações do UNI Banca, Banco BPM e Mediobanca subiram entre 3,3 e 7,2 por cento.

As divulgações corporativas também desencadearam fortes oscilações, mais notavelmente no grupo farmacêutico francês Biometria, que subiu 4,7 por cento após apresentar resultados melhores do que o esperado no primeiro semestre e elevar a perspectiva para 2018.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 1,00 por cento, a 7.383 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,34 por cento, a 12.060 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 1,54 por cento, a 5.260 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,09 por cento, a 20.581 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,80 por cento, a 9.301 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 1,39 por cento, a 5.294 pontos.

Mais Cotações