ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Banco central da Argentina vê inflação mais alta em meio a contração econômica

02/10/2018 20h37

BUENOS AIRES (Reuters) - Economistas estimaram que a inflação subirá a 44,8 por cento em 2018, ante previsão de 40,3 por cento no mês passado, mostrou uma pesquisa do banco central nesta terça-feira.

Economistas também esperam que o Produto Interno Bruto (PIB) da Argentina tenha contração de 2,5 por cento no fim do ano, ante estimativa de contração de 1,9 por cento no mês passado, mostrou a pesquisa mensal.

Analistas do banco central também previram que o peso argentino iria se depreciar para uma média de 43 pesos por dólar em dezembro.

A moeda argentina perdeu mais de 50 por cento de seu valor contra o dólar neste ano até agora.

O país atingido pela recessão anunciou recentemente um acordo de financimento de 57 bilhões de dólares com o Fundo Monetário Internacional (FMI) para resgatar a confiança de investidores, o que permitiria que o país pagasse o serviço da sua dívida externa em 2019.

(Por Walter Bianchi)

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia