ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Ações italianas lideram ganhos na Europa com redução de temores relacionados ao déficit do país

Helen Reid e Julien Ponthus

03/10/2018 14h12

LONDRES (Reuters) - As ações italianas impulsionaram os mercados europeus nesta quarta-feira, com sinais de que o governo iria definir uma meta de déficit orçamentário menor, reduzindo os temores de investidores sobre um duelo com a Comissão Europeia.

O índice italiano FTSE MIB subiu 0,9 por cento, enquanto o índice das principais empresas da zona do euro e o pan-europeu STOXX 600 avançaram 0,8 por cento e 0,6 por cento, respectivamente. O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,54 por cento, a 1.507 pontos.

Os rendimentos dos títulos do governo da Itália recuaram graças a notícias de que o governo estava mirando um déficit orçamentário menor em 2020 e 2021.

Bancos europeus que estavam se beneficiando de uma redução nas tensões na Itália abandonaram boa parte de seus ganhos no fim da sessão.

O banco central do país disse que bancos que atuam na Estônia, que está no centro de uma escândalo de lavagem de dinheiro envolvendo o Danske Bank, movimentaram mais de 1 trilhão de dólares em fluxos entre os dois países de 2008 a 2017.

O índice bancário europeu perdeu cerca de 1 por cento com as notícias e encerrou o dia com apenas 0,5 por cento de alta, enquanto os bancos suecos SEB e Swedbank, ambos com operações na Estônia, fecharam em queda de 3,3 por cento e 5,8 por cento, respectivamente.

A maior queda individual foi da empresa Norsk Hydro, listada em Oslo, que recuou 11,9 por cento depois de anunciar que iria interromper toda a produção de sua refinaria de alumínio Alunorte, no Brasil.

"Esse é um evento muito sério para a Norsk Hydro, potencialmente levando a perdas severas", disse um operador.

O índice FTSEurofirst 300 fechou em alta de 0,54 por cento, a 1.506 pontos.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,48 por cento, a 7.510 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX não abriu.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,43 por cento, a 5.491 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,84 por cento, a 20.736 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,60 por cento, a 93.361 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,04 por cento, a 5.294 pontos.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia