ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Preço do coque sobe 4% na China após limites à produção

10/10/2018 10h32

PEQUIM (Reuters) - Os contratos futuros do coque negociados na bolsa chinesa de Dalian subiram mais de 4 por cento nesta quarta-feira, com os investidores preocupados com a oferta mais apertada, depois que a principal província de mineração de carvão de Shanxi prometeu reduzir a produção anual de coque.

A província do noroeste chinês prometeu na terça-feira reduzir a capacidade de produção como parte de sua campanha de longo prazo contra a poluição do ar.

    Os produtores de coque em Shanxi terão até 1º de outubro de 2019 para atender a rigorosos padrões ambientais. Em caso contrário, serão desativados, segundo comunicado do governo.

    Eles também serão incentivados a eliminar instalações pequenas e obsoletas de produção, disse o comunicado.

    No mercado à vista, alguns produtores de coque no norte da China aumentaram os preços de venda em 50 iuanes, à medida que os controles ambientais se intensificaram.

O contrato de coque mais ativo para entrega em janeiro na bolsa de Dalian subiu até 5,4 por cento, atingindo o maior valor desde 30 de agosto. O contrato fechou com ganhos de 4,2 por cento, a 2.458,5 iuanes por tonelada.

    Já os futuros de minério de ferro subiram pelo terceiro dia consecutivo, ganhando 1,6 por cento, para 515 iuanes por tonelada, impulsionado pelo comércio no mercado spot.

O contrato do vergalhão de aço na bolsa de Xangai fechou em alta de 1,1 por cento, a 4.055 iuanes por tonelada.

(Reportagem de Muyu Xu e Aizhu Chen)

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia