ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Índia e outros países terão isenção temporária de sanções ao petróleo do Irã, diz ministro

03/11/2018 10h37

NOVA DÉLHI (Reuters) - A Índia e outros importantes compradores de petróleo vão se beneficiar com isenções temporárias garantidas pelos Estados Unidos a eles em suas sanções contra o Irã, disse o ministro do petróleo indiano neste sábado.

Os Estados Unidos disseram na sexta-feira que irão permitir temporariamente que oito importadores sigam comprando petróleo iraniano quando retomar as sanções contra os iranianos na segunda-feira, buscando forçar o Irã a conter suas atividades nucleares e de mísseis e seu ativismo regional.

Os EUA não disseram quais países seriam beneficiados, mas o ministro do petróleo da Índia, Dharmendra Pradhan, afirmou que o país ganhou um "waiver" principalmente devido a uma campanha do primeiro-ministro Narendra Modi. A Índia tem se queixado em fóruns internacionais sobre os altos preços do petróleo e seu impacto sobre a economia.

"No atual cenário geopolítico, que é desafiador, a Índia tem conseguido convencer os líderes internacionais", disse Pradhan a jornalistas em Nova Délhi.

Após abandonar um acordo nuclear fechado com o Irã em 2015, o presidente norte-americano Donald Trump tem tentado prejudicar a economia do Irã, altamente dependente do petróleo, para forçar Teerã a abandonar não apenas suas ambições nucleares e seu programa de mísseis balísticos, mas também seu apoio a militantes na Síria, Iêmen, Líbano e outras partes do Oriente Médio.

China, Índia, Coreia do Sul, Turquia, Itália, Emirádos Árabes Unidos e Japão têm sido os principais compradores do petróleo iraniano, enquanto Taiwan ocasionalmente compra cargas do Irã, mas não é um grande cliente.

(Por Nidhi Verma)

Mais Economia