ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Fiat apresenta conceito Fastback como base de expansão pela América Latina

06/11/2018 19h52

SÃO PAULO (Reuters) - A Fiat exibiu nesta terça-feira um veículo conceito que servirá de base para o desenvolvimento de futuros modelos da montadora que perdeu posto de líder de vendas no Brasil há cerca de três anos e atravessa um processo de reestruturação de seus negócios para ampliar participação na América Latina.

Chamado de "Fastback", o conceito mistura elementos de um veículo utilitário com um hatch e chamou atenção de jornalistas especializados presentes durante a entrevista coletiva da montadora realizada nesta terça-feira no salão do automóvel, na capital paulista.

"Esta é a transformação que queremos para a Fiat no Brasil e na América Latina", disse o diretor comercial da montadora italiana para o Brasil, Herlander Zola.

O conceito foi apresentado sem motorização, com linhas que lembram o estilo inaugurado pela marca em 2014, quando apresentou o então conceito FCC 4, que um ano mais tarde se transformou na picape Toro, um dos modelos mais vendidos da marca no país atualmente.

A montadora faz parte do grupo FCA, que no final de junho anunciou investimento de 14 bilhões de reais na América Latina até 2022.

"Queremos que a Fiat seja a marca protagonista do desenvolvimento da FCA na América Latina e no mundo", afirmou o presidente da FCA para América Latina, Antonio Filosa, durante a apresentação da companhia no salão.

Atualmente, a líder de vendas de carros e comerciais leves no Brasil é a General Motors, com uma participação acumulada até o final de outubro de 17,17 por cento ante 14,88 por cento da Volkswagen e 13,39 por cento da Fiat.

A Fiat tem três modelos de veículos utilitários em desenvolvimento para lançamentos a partir de 2020 e que vão pegar carona nas linhas do Fastback, afirmaram executivos da empresa. Atualmente, a Fiat não tem presença importante no segmento de SUVs, que ao lado das picapes atravessam forte crescimento no país.

No acumulado de 2018 até o final de outubro, as vendas de SUVs no Brasil somam 416,9 mil unidades, um crescimento de 26 por cento sobre o mesmo período do ano passado ante uma evolução do mercado geral de automóveis de 13,5 por cento, segundo dados da associação de concessionários de veículos, Fenabrave.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Mais Economia