ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Representante de Comércio dos EUA, Lighthizer irá comandar negociações com China, diz Casa Branca

03/12/2018 15h33

Por David Lawder

WASHINGTON (Reuters) - O representante de Comércio dos Estados Unidos, Robert Lighthizer, irá liderar as negociações com a China sobre tarifas, acesso ao mercado e mudanças estruturais às práticas de propriedade intelectual ao longo dos próximos 90 dias, confirmou a Casa Branca, possivelmente sinalizando uma linha mais dura da parte dos EUA.

No sábado, os presidentes dos Estados Unidos, Donald Trump, e da China, Xi Jinping, declararam uma trégua comercial, concordando em não aplicar novas tarifas após meses de crescentes tensões. Ambos os lados também concordaram em negociar ao longo dos próximos 90 dias.

A decisão de que Lighthizer irá liderar as conversas representa uma mudança da abordagem anterior do governo às negociações comerciais com a China, que vinham sendo amplamente lideradas pelo secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin. Lighthizer, um experiente negociador comercial que acaba de selar um novo acordo com Canadá e México, é um dos críticos mais vocais da China dentro do governo.

"Robert Lighthizer, o embaixador, representante de Comércio dos EUA, está à frente dessas negociações", disse o assessor comercial da Casa Branca, Peter Navarro, à National Public Radio. "Ele é o negociador mais duro que tivemos no cargo dele e ele irá preparado e irá retirar as tarifas, as barreiras não-tarifárias e encerrará todas essas práticas estruturais que impedem acesso ao mercado."

Uma autoridade da Casa Branca também confirmou a decisão de ter Lighthizer à frente dessas negociações.

Mnuchin havia dito que as negociações com a China seriam lideradas por Trump, com um "time inclusivo" de autoridades do governo, incluindo ele próprio e outros membros do gabinete.

(Por David Lawder)

Mais Economia