ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Fluxo cambial tem pior resultado do ano em novembro com remessas ao exterior

05/12/2018 12h43

SÃO PAULO, 5 Dez (Reuters) - O forte volume de saída de recursos para o exterior acabou levando o fluxo cambial (saldo entre a entrada e a saída de moeda estrangeira no país) a fechar novembro no vermelho, depois de um breve suspiro em outubro, e no pior resultado de 2018, mostram dados do Banco Central.

O resultado do mês passado foi negativo em US$ 6,614 bilhões, o que reduziu o acumulado do ano para um superávit de US$ 11,761 bilhões. Em outubro, a conta havia sido positiva em US$ 334 milhões de dólares.

Leia também:

O forte saldo negativo em novembro é o pior resultado mensal desde dezembro do ano passado, quando o fluxo ficou negativo em US$ 9,331 bilhões, segundo dados do BC.

No final do ano, é normal haver fluxo de saída de recursos, já que muitas empresas remetem lucros e dividendos para suas matrizes no exterior.

Isso acabou fazendo com que o dólar, que havia tido forte queda ante o real em outubro por causa da euforia do mercado com a eleição de Jair Bolsonaro para a Presidência da República, acumulasse valorização de 3,58% em novembro e voltasse para o patamar de R$ 3,85.

No mês passado, a conta financeira --por onde passam investimentos diretos, em portfólio e outros--, ficou negativa em US$ 12,987 bilhões, resultado de US$ 44,824 bilhões em compras, e de US$ 57,81 bilhões em vendas.

A conta comercial, por sua vez, aliviou o resultado, ao mostrar superávit de US$ 6,373 bilhões no mês passado, resultado de exportações de US$ 21,581 bilhões menos importações de US$ 15,208 bilhões.

(Por Claudia Violante; Edição de Iuri Dantas)

Mais Economia