PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Agência chinesa alerta sobre notícia falsa sobre trégua em disputa comercial com EUA

20/05/2019 12h20

PEQUIM (Reuters) - A agência oficial de notícias Xinhua, da China, condenou a divulgação de "notícias falsas" nesta segunda-feira, depois que alguns sites publicaram um alerta de um ano atrás anunciando um cessar-fogo na disputa comercial iniciada pelos Estados Unidos contra o país.

A nota de uma linha, publicada originalmente em 20 de maio de 2018, não deu detalhes, mas o secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, disse na ocasião que a guerra comercial com a China estava "paralisada" após um acordo para estabelecer um quadro para lidar com os desequilíbrios comerciais.

A notícia antiga circulou amplamente entre usuários do aplicativo chinês de mensagens Wechat como se fosse nova. Ela também foi propagada por vários meios de comunicação tradicionais, incluindo o aplicativo de notícias JinriToutiao, Tencent News e Phoenix News.

Não ficou imediatamente claro por que a notícia de 2018 voltou a circular.

"Condenamos o ato de espalhar notícias falsas em nome da Xinhua e nos reservamos o direito de responsabilizá-lo de acordo com a lei", disse a Xinhua em um comunicado publicado em suas contas de mídia social em chinês e inglês.

A disputa comercial entre as duas maiores economias do mundo explodiu nas últimas semanas, com Pequim e Washington anunciando aumentos de tarifas de importação de seus produtos e nenhum sinal de retomada nas negociações comerciais no curto prazo.

Os EUA ameaçam impor tarifas sobre mais 300 bilhões de dólares em produtos chineses e colocou a gigante chinesa Huawei em uma lista negra que torna muito difícil para empresas fazerem negócios com companhias norte-americanas.

A China tem reiterado que não tem medo de uma guerra comercial e que é capaz de lidar com qualquer conflito do tipo.

(Por Huizhonz Wu)