PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Cotações

Índices recuam após ameaça dos EUA de tarifas sobre o México

Aaron Saldanha

31/05/2019 13h57

(Reuters) - Os principais índices acionários europeus recuaram nesta sexta-feira, com as montadoras especialmente afetadas, depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ampliou o escopo de sua guerra comercial ao ameaçar impor novas tarifas sobre as importações mexicanas.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,8%, a 1.453 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,81%, a 369 pontos, fechando maio com pedas de 5,7%, pior resultado mensal desde janeiro de 2016.

Investidores saíram de posições mais arriscadas e optaram por ativos mais seguros, elevando as ações defensivas europeias e levando os rendimentos dos títulos alemães a mínimas recordes.

"O presidente Donald Trump está jogando um 'Game of Thrones' tanto com adversários externos quanto domésticos", disse Ed Yardeni, presidente e estrategista-chefe do Yardeni Research.

O índice alemão DAX, sensível ao comércio, caiu 1,5% para mínima de cerca de cinco meses.

As montadoras e suas fornecedoras perderam 2%, enquanto Fiat Chrysler e Volkswagen, que importam carros de fábricas mexicanas para os EUA, caíram 4,8% e 2,6% respectivamente.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,78%, a 7.161 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,47%, a 11.726 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,79%, a 5.207 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,73%, a 19.802 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 1,68%, a 9.004 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,40%, a 5.043 pontos.

Cotações