Topo

Ministro diz que tanto China quanto EUA têm que fazer concessões em discussões comerciais

Kevin Yao e Ben Blanchard

24/06/2019 07h31

Por Kevin Yao e Ben Blanchard

PEQUIM (Reuters) - Tanto a China quanto os Estados Unidos deveriam fazer concessões nas negociações comerciais, afirmou nesta segunda-feira o vice-ministro do Comércio chinês, Wang Shouwen, antes de uma reunião entre os presidentes de ambos os países no G20 nesta semana.

Na semana passada China e EUA disseram que estavam retomando as negociações antes do encontro entre os presidentes Donald Trump e Xi Jinping. As expectativas de que isso levará a uma redução das tensões na guerra comercial que afeta a economia global animaram os mercados financeiros.

Falando em entrevista à imprensa na cúpula do G20, Wang, que faz parte da equipe de negociação, disse que as discussões entre as equipes comerciais de ambos os países estão em andamento, embora não tenha dado detalhes.

Os princípios da China são claros, disse ele --respeito mútuo, igualdade e benefícios mútuos e um meio-termo.

"Respeito mútuo significa que cada lado precisa respeitar a soberania do outro", disse Wang.

Igualdade e benefícios mútuos significam que as discussões precisam acontecer em pé de igualdade, o acordo a ser alcançado tem que ser benéfico para ambos os lados", disse ele.

"Encontrar um meio-termo significa que ambos os lados têm que ceder e fazer concessões, não apenas um lado."

Wang recusou-se a responder a uma pergunta sobre concessões específicas que Xi pode oferecer para fechar um acordo comercial com Trump.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Economia