IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Após operação da PF, Onyx diz que governo mantém confiança em ministro do Turismo

27/06/2019 15h46

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou na tarde desta quinta-feira que o governo mantém a confiança no ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antonio, e que é preciso aguardar as investigações, horas após a Polícia Federal ter deflagrado uma operação para esclarecer irregularidades em campanhas eleitorais femininas no PSL de Minas Gerais.

Marcelo Álvaro Antonio presidiu o PSL mineiro durante as eleições do ano passado. Na ação desta quinta, segundo nota da PF, foram cumpridos três mandados prisão temporária em Brasília (DF) e Governador Valadares (MG) e Ipatinga (MG), outros três de busca e apreensão e ainda a apreensão de computadores e telefones celulares.

"Essa matéria é uma matéria requentada e do ponto de vista do governo o presidente sempre deixou isso muito claro. Não há até o presente momento nenhuma denúncia formalizada. Estamos em investigações. Temos de aguardar", disse.

"O ministro continua fazendo o seu trabalho, servindo ao país e ele já disse mais de uma vez que ele não tem nenhum envolvimento nessa questão. O governo continua confiando no seu ministro e aguarda com serenidade e tranquilidade as investigações", completou Onyx, em entrevista na entrada da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil.

Segundo a mídia, entre os presos estava um assessor especial do ministro.

O chefe da Cassa Civil destacou que essas questões sob investigação não tem "nada a ver com o governo".

(Reportagem de Ricardo Brito)

Mais Economia