IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Erdogan afirma que Turquia fará grandes cortes de juros, diz Haberturk

15/07/2019 09h30

ISTAMBUL (Reuters) - O presidente turco, Tayyip Erdogan, disse que a Turquia fará grandes cortes na taxa de juros, informou a emissora Haberturk no domingo, uma semana depois de ele ter substituído o presidente do banco central.

Erdogan disse que a Turquia pretende reduzir a inflação de mais de 15% para um dígito até o final do ano e também tem uma meta para a taxa de juros no mesmo período, disse a Haberturk.

A taxa básica de juros da Turquia subiu para 24% em setembro do ano passado para conter uma queda acentuada na lira. O banco central manteve os juros desde então, conforme a economia entra em recessão, para evitar novas perdas na moeda.

Economistas esperam que o banco central, sob a liderança do novo presidente Murat Uysal, corte os juros em 200 pontos básicos na próxima reunião de política monetária, no dia 25 de julho.

"Temos uma certa meta na taxa de juros até o final do ano. Também conseguiremos isso", disse Erdogan segundo a Haberturk. "Vamos reduzir isso de uma maneira séria. Quando isso for reduzido, a inflação diminuirá significativamente."

Na semana passada, Erdogan, um crítico frequente de altas taxas de juros, disse que demitiu o ex-presidente do banco central Murat Cetinkaya por não seguido as instruções sobre os juros e por o banco não ter cumprido adequadamente seu papel.

(Por Humeyra Pamuk)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Economia