PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Indicada à Comissão Europeia oferece salário mínimo para ganhar apoio de parlamentares da UE

15/07/2019 10h08

BRUXELAS (Reuters) - A indicada para chefiar a Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, disse em cartas a parlamentares nesta segunda-feira que vai propor um salário mínimo garantido para todos os trabalhadores da União Europeia e um esquema de auxílio-desemprego.

Em uma tentativa de persuadir os parlamentares socialistas e liberais na véspera da votação sobre sua candidatura, Von der Leyen disse que também apoiará a redução das emissões de carbono da UE em até 55% até 2030. Ela prometeu introduzir um "imposto de fronteira de carbono" e estender o esquema de comércio de emissões do bloco.

Ela também prometeu reformas na maneira como a UE monitora o respeito do estado de direito nos Estados membros e prometeu uma reforma da imigração e das políticas externas.

(Por Francesco Guarascio)