IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Cotações


Goldman Sachs tem lucro acima do esperado no 2º tri

Por Sweta Singh e Matt Scuffham

16/07/2019 11h19

NOVA YORK (Reuters) - O Goldman Sachs teve lucro trimestral maior do que o esperado para o segundo trimestre, impulsionado por alta na receita com negociações de ações.

O banco informou que a receita com operações no mercado de ações aumentou 6 por cento em relação ao ano anterior, para 2 bilhões de dólares, a segunda maior em quatro anos. O Goldman disse que os clientes foram mais ativos do que no mesmo período do ano passado.

O Goldman disse que se beneficiou de maiores receitas na execução de ordens de clientes, incluindo um melhor desempenho em produtos à vista e derivativos.

No entanto, os negócios de renda fixa do Goldman sofreram outro trimestre decepcionante, com a receita líquida caindo em 13 por cento. O banco disse que o desempenho refletiu receita líquida significativamente menor em moedas e produtos de taxa de juros.

A receita de clientes institucionais, que inclui negociação, caiu 3 por cento, enquanto a receita de banco de investimento caiu 9 por cento. No entanto, a receita do negócio de empréstimos e investimentos do banco subiu 16 por cento, seu maior desempenho trimestral em oito anos.

O presidente-executivo, David Solomon, que foi promovido ao cargo em outubro do ano passado, está realizando uma revisão estratégica do negócio e planeja anunciar os resultados no início do próximo ano.

Embora a receita geral tenha caído no trimestre, as despesas com remuneração mais baixas proporcionaram algum alívio. As despesas operacionais totais ficaram praticamente estáveis, em 6,12 bilhões de dólares.

O lucro líquido do banco aplicável aos acionistas ordinários no segundo trimestre caiu 6 por cento, para 2,20 bilhões de dólares. O lucro por ação caiu para 5,81 dólares, de 5,98 dólares no ano anterior. A receita líquida total caiu 2 por cento, para 9,46 bilhões de dólares.

Analistas, porém, esperavam lucro de 4,89 dólares por ação e receita de 8,83 bilhões dólares, segundo estimativa do IBES da Refinitiv.

O principal rival do Goldman, Morgan Stanley, deve divulgar os resultados trimestrais na quinta-feira.

Mais Cotações