IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Conselho do BB aprova ações para reorganização institucional; não altera guidance

29/07/2019 10h52

SÃO PAULO (Reuters) - O conselho de administração do Banco do Brasil aprovou ações para uma reorganização institucional a serem implementadas neste segundo semestre, que contemplam, entre outras medidas, um Programa Adequação de Quadros (PAQ) para equacionar situações de vagas e excessos nas unidades do banco.

De acordo com o BB, em fato relevante, os funcionários que reúnam as condições estabelecidas no regulamento poderão aderir a um plano de desligamento incentivado.

"O impacto financeiro do programa será divulgado até o final de agosto e não altera as projeções divulgadas para 2019", ressaltou o banco.

Entre as ações aprovadas, segundo o BB, consta a revisão e o redimensionamento da estrutura organizacional do BB nos níveis estratégico (direção geral), tático (superintendências), de apoio (órgãos regionais) e de negócios (agências).

Das medidas destacadas pelo BB, que tem o objetivo de acelerar a transformação digital, está a criação de Unidade Inteligência Analítica, que, acompanhará o desenvolvimento de técnicas, ferramentas e inovações que utilizam soluções com inteligência analítica e artificial.

Também serão criadas 42 novas agências empresas, até outubro, transformadas 333 agências em postos de atendimento avançado (PAA) e outros 49 postos em agências.

"O Banco do Brasil reitera que estas e outras iniciativas se alinham ao propósito de ampliar a competitividade, por meio da transformação digital e do dinamismo do modelo de atendimento e relacionamento", afirmou, no documento.

Para o analista Marcelo Telles, do Credit Suisse, a notícia é positiva, uma vez que abre espaço para melhora na eficiência do banco, conforme nota a clientes.

Às 10:40, as ações do BB oscilavam próximo da estabilidade, a 49,98 reais.

(Por Paula Arend Laier)

Mais Economia