IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

BC do Japão debateu mais afrouxamento se perspectivas de preços for ameaçada, mostra ata

02/08/2019 08h39

Por Tetsushi Kajimoto

TÓQUIO (Reuters) - Autoridades do banco central japonês discutiram a possibilidade de mais afrouxamento, com um membro do conselho dizendo que o Banco do Japão precisa vencer a deflação mantendo sua postura de tomar algum tipo de resposta de política monetária se sua perspectiva de preços se mostrar ameaçada, mostrou a ata da reunião de 19 e 20 de junho do banco, divulgada nesta sexta-feira.

O Banco do Japão manteve sua política monetária na reunião de junho. Em sua reunião seguinte, realizada nesta semana, o banco central continuou mantendo os juros nos atuais níveis, mas disse que realizará cortes "sem hesitação" se a desaceleração global ameaçar a recuperação econômica do Japão.

Outros bancos centrais também estão de prontidão, e as expectativas de políticas monetárias ultrafrouxas por um longo período de tempo dos principais bancos têm pressionado para baixo os rendimentos dos títulos em todo o mundo, inclusive no Japão.

"A chave para superar a deflação é a decisão do Banco do Japão de manter sua postura de tomar algum tipo de resposta de política monetária se surgirem mudanças no cenário de referência das perspectivas de preços", disse um membro do conselho na reunião de junho.

Todas as medidas -- incluindo ajustes nas taxas de juros de curto e longo prazos, uma aceleração no ritmo de expansão da base monetária, e um aumento na quantidade de compras de ativos -- devem ser deliberadas ao considerar um afrouxamento adicional, o disse um membro do conselho.

Mais Economia