Topo

Cotações


Ouro dispara a máxima em 6 anos com temores comerciais impulsionando ativos seguros

Por K. Sathya Narayanan

05/08/2019 11h01

(Reuters) - Os preços do ouro subiam para máximas em mais de seis anos nesta segunda-feira, com alta de mais de 1%, com a escalada do conflito comercial entre Estados Unidos e China levando investidores a correr para a segurança do metal dourado.

O ouro à vista subiu 1,5%, para 1.462,40 dólares por onça-troy. O metal alcançou o maior nível desde maio de 2013, a 1.464,60 dólares por onça-troy. Os contratos futuros de ouro dos EUA tinham alta de 1,2%, para 1.474,30 por onça-troy.

"Essa (ação de preço) ainda é por causa da escalada da tensão comercial entre os EUA e a China... a aversão ao risco está se espalhando nos mercados financeiros, e isso é algo que definitivamente ajuda o ouro", disse Carsten Menke, analista da Julius Baer.

Temores de uma desaceleração no crescimento econômico global e expectativas de mais cortes de juros pelo Federal Reserve também davam suporte aos preços do ouro, acrescentou.

Os mercados globais de ações caíam pelo sexto dia nesta segunda-feira, enquanto os rendimentos de dez anos dos Treasuries operavam nas mínimas em quase três anos.

Cotações