Topo

Chinesa CR20 mostra interesse em metrô e ferrovia intercidades de SP, diz governo

07/08/2019 10h48

SÃO PAULO (Reuters) - O governo do Estado de São Paulo assinou protocolo de intenções com a chinesa CR20, subsidiária China Railway Construction Corporation (CRCC), relacionado ao interesse da companhia em participar de projetos de concessão de infraestrutura paulista, incluindo a Linha 6 do metrô da capital paulista, além da ferrovia intercidades e despoluição do Rio Pinheiros.

"Em nosso grupo, temos capacidade para atuar em quase todos os tipos de projetos de infraestrutura... Já reunimos inclusive empresas parceiras para atuar nesses projetos", disse o presidente da CR20, Deng Yong", conforme nota divulgada pelo governo de São Paulo nesta quarta-feira.

A expectativa do governo estadual é que a licitação do trem intercidades ocorra até o fim do primeiro trimestre de 2020. Já a disputa pela Linha 6 do metrô da capital pode ocorrer ainda no mês de agosto, enquanto a conclusão do projeto de despoluição do rio Pinheiros está previsto para o próximo ano.

A previsão do governo paulista é que sejam arrecadados cerca de 22 bilhões de reais com esses três projetos. O valor deverá ser definido apenas ao término do processo licitatório.

De acordo com o governador João Doria, quatro grandes grupo de investidores devem disputar com a CR20 os projetos apresentados pelo Estado. "Investidores chineses, fundos baseados no Oriente Médio, japoneses e europeus devem disputar mais fortemente os projetos", disse o governador.

O protocolo foi assinado Xian, na China, onde Doria participa da missão organizada pela agência estadual de investimentos, InvestSP, acompanhado de cinco secretários de Estado e 31 empresas.

(Por Paula Arend Laier)

Mais Economia