IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Wall Street cai com notícia sobre Huawei elevando preocupações comerciais

09/08/2019 11h47

Por Medha Singh

(Reuters) - Os índices acionários dos Estados Unidos recuavam nesta sexta-feira, após uma forte recuperação na sessão anterior, com investidores monitorando as novas tensões comerciais, a turbulência política na Itália e a contração surpresa no Reino Unido.

As ações de fabricantes de chips e outras empresas sensíveis a tarifas do setor de tecnologia operavam sob pressão após notícia de que os EUA estão atrasando a decisão que permite a retomada das trocas comerciais entre empresas norte-americanas e a chinesa Huawei.

Às 11:41 (horário de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,86%, a 26.152 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 0,751849%, a 2.916 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuava 1%, a 7.959 pontos.

O índice de semicondutores da Filadélfia tinha queda 1,16%, enquanto a Apple desvalorizava-se 0,6%.

Na Europa, o vice-primeiro-ministro do Partido da Liga da Itália, Matteo Salvini, pediu por eleições antecipadas, enquanto a economia britânica encolheu pela primeira vez desde 2012, elevando as preocupações em momento em que o país se prepara para deixar a União Europeia em outubro.

"Incertezas políticas na zona do euro estão sendo uma variável adicional com a qual o mercado tem que lidar. Isso, combinado aos números de PIB e à guerra comercial, estão deixando os investidores desconfortáveis", disse Andre Bakhos, diretor da New Vines Capital LLC.

"Até conseguirmos algumas respostas tangíveis sobre o que o governo (Trump) vai fazer com a China, isso será uma pedra no sapato do mercado, criando uma série de perturbações."

Mais Economia