IPCA
-0.04 Set.2019
Topo

Economia da Alemanha encolhe no 2º trimestre e fica "à beira da recessão"

Michael Nienaber

14/08/2019 08h51Atualizada em 14/08/2019 09h55

BERLIM (Reuters) - A queda nas exportações levou a uma contração da economia da Alemanha no segundo trimestre, conforme suas indústrias sofrem com o peso da desaceleração global amplificada pelos conflitos tarifários e pela incerteza sobre o Brexit.

O Produto Interno Bruto caiu 0,1% sobre o trimestre anterior, em linha com pesquisa da Reuters, no momento em que analistas levantam a perspectiva de outra contração no terceiro trimestre e o setor industrial sugere que o governo deveria descartar seu orçamento equilibrado e impulsionar o crescimento com estímulos fiscais.

Em uma base ajustada ao calendário, a taxa anual de crescimento desacelerou a 0,4% no segundo trimestre, de 0,9% no primeiro, mostraram dados da Agência Federal de Estatísticas nesta quarta-feira.

Para 2019 como um todo, o governo espera crescimento de apenas 0,5%.

"A questão é que a economia alemã está à beira da recessão", disse Andrew Kenningham, da Capital Economics. Muitos economistas definem recessão como duas contrações trimestrais consecutivas.

Mais Economia