IPCA
0,51 Nov.2019
Topo

SLC diz ter mais de 90% do algodão e soja com preços travados acima do mercado

14/08/2019 20h07

SÃO PAULO (Reuters) - A SLC Agrícola, uma das maiores produtoras de grãos e oleaginosas do país, afirmou nesta quarta-feira que já travou preços de algodão e soja para mais de 90% de sua produção de 2018/19, com valores acima do mercado.

"Em termos de preços de venda, nossa consolidada política de hedge também se apresenta como uma fortaleza em um cenário mais desafiante", disse a companhia, ao reportar resultados trimestrais.

A empresa disse ter travado valores de algodão para o ano com preço médio de 79,5 centavos de dólar por libra-peso, "patamar bastante superior ao mercado spot internacional no momento, e que inclui também os prêmios capturados pela venda direta de aproximadamente 1/3 da produção".

"Na soja, também já superarmos a marca de 90% da produção vendida para 2019, a 10,15 dólares por bushel (base porto), um nível de preços também superior ao que o mercado oferece atualmente."

Sobre o milho, a companhia já vendeu 80%, com preço médio de 23,40 reais a saca, 16,9% superior ao valor de 2018.

A companhia registrou lucro líquido de 212 milhões de reais no segundo trimestre, aumento de 26% na comparação anual, com margem de 51,3%, crescimento de 15,1 pontos percentuais, uma vez que a apropriação dos ativos biológicos compensou o menor volume faturado de soja no período.

No semestre, a companhia reportou recordes: faturamento líquido de 1,03 bilhão de reais, no volume faturado (770,9 mil toneladas) e no Ebitda ajustado de 329,3 milhões de reais, que registrou alta de 6,5% em relação ao mesmo período do ano anterior.

"A expansão do Ebitda reflete o aumento de volumes faturados em todas as culturas, com expansão de margens no algodão e no milho, apesar de leve redução de margens no caso da soja."

A dívida líquida da companhia, porém, encerrou o primeiro semestre em 1,6 bilhão de reais, versus 943 milhões no final do ano passado, aumento em função da geração de caixa livre negativa acumulada no ano de 403 milhões de reais.

"A geração de caixa livre foi impactada principalmente pelo aumento na necessidade de capital de giro no semestre, intensificado pelo aumento de área plantada, especialmente na cultura do algodão."

(Por Roberto Samora)

Economia