IPCA
0.11 Ago.2019
Topo

Peso argentino abre com queda de 1% após troca de ministro e declarações do BC

20/08/2019 10h41

BUENOS AIRES (Reuters) - O peso argentino abriu com queda de 1% nesta terça-feira, depois da substituição do ministro da Fazenda e de um feriado nacional na véspera, ao mesmo tempo em que o banco central argentino prometeu manter a intervenção cambial.

A moeda iniciava as transações 55,00/55,55 pesos por dólar , um intervalo que o governo considera competitivo.

O novo ministro da Fazenda da Argentina, Hernán Lacunza, disse a repórteres que uma de suas funções centrais será ajudar a estabilizar a taxa de câmbio e que o governo cumprirá as metas definidas com o Fundo Monetário Internacional (FMI). [nE6N25200U]

Por sua vez, o presidente do banco central da Argentina, Guido Sandleris, reconheceu em uma entrevista coletiva que o país sofrerá um novo aumento na inflação devido ao recente colapso do peso, que ele considera estar atualmente em um nível "competitivo". [nE6N25200V]

(Por Jorge Otaola e Walter Bianchi)

Mais Economia