PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Trincas em navio da Modec causam vazamento e retirada de funcionários, diz Petrobras

26/08/2019 11h44

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras recebeu comunicado da Modec, operadora do FPSO Cidade do Rio de Janeiro, informando sobre a existência de trincas no casco do navio, o que levou ao vazamento de cerca de 1,2 metro cúbico de óleo residual, informou a petroleira em comunicado nesta segunda-feira.

De propriedade da Modec e à serviço da Petrobras, o FPSO Cidade do Rio de Janeiro encontra-se fora de operação desde o ano passado e em processo de saída da locação do campo de Espadarte, a 130 quilômetros da costa na bacia de Campos, ressaltou a Petrobras.

A retirada de 54 pessoas embarcadas, iniciada na sexta-feira, foi concluída nesta segunda-feira.

"Após novas avaliações, em 26/08, foi identificado aumento na extensão das trincas. A Petrobras comunicou a ocorrência às autoridades e vem apoiando a Modec nas ações de contingência", disse a estatal.

Segundo a petroleira, sobrevoo realizado na área após o evento não identificou mancha de óleo na superfície do mar.

(Por Marta Nogueira)