PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Banco central argentino diz que seguirá com restrição monetária e intervenção no câmbio

Por Eliana Raszewski

Em Buenos Aires

28/08/2019 20h30

O banco central da Argentina continuará com a política monetária restritiva e intervenções no mercado de câmbio para moderar a volatilidade da moeda, disse o presidente da entidade, Guido Sandleris, em comunicado hoje.

Antes, o ministro da Fazenda, Hernán Lacunza, anunciou que a Argentina iniciará um processo para estender os vencimentos de sua dívida com credores privados e com o FMI (Fundo Monetário Internacional).

"As decisões tomadas priorizam o uso de reservas internacionais para preservar a estabilidade monetária e financeira, mesmo que isso implique atrasar o pagamento a grandes investidores de dívida pública", disse Sandleris no comunicado.