Topo

Eletrobras diz que desligamento de 1 mil terceirizados de Furnas custará até R$ 437 mi

.
Imagem: .

Luciano Costa

Em São Paulo

16/10/2019 08h46

A Eletrobras estima que o desligamento de 1.041 funcionários terceirizados de sua subsidiária Furnas demandará até 437 milhões de reais, informou a elétrica estatal em comunicado hoje.

O desligamento, no âmbito de acordo entre a empresa, o Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Federação Nacional dos Urbanitários (FNU), vai gerar para a companhia uma economia de aproximadamente 200 milhões de reais por ano, acrescentou a Eletrobras, destacando que, com isso, o custo das demissões deverá ser recuperado em um ano e meio.

Ouça o podcast Baixo Clero, com análises políticas de blogueiros do UOL. Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas de áudio.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Economia