IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Euro salta para máxima de quase 2 meses em relação ao dólar com acordo do Brexit

AFP
Imagem: AFP

Saikat Chatterjee

Da Reuters, em Londres

17/10/2019 08h22

O euro subia para seus níveis mais altos em quase dois meses contra o dólar hoje, depois que a União Europeia e o Reino Unido fecharam um acordo sobre o Brexit.

Embora o acordo ainda precise ser ratificado pelo Parlamento britânico, os operadores elevaram rapidamente a libra e o euro em mais de 1% e 0,5%, respectivamente.

As esperanças de um acordo do Brexit esta semana tiraram o euro de uma tendência de baixa e o elevaram acima de 1,11 dólar pela primeira vez em um mês.

O Reino Unido fechou um acordo do Brexit com a União Europeia hoje, disse o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, poucas horas antes do início de uma cúpula dos líderes do bloco em Bruxelas.

Nesta quinta-feira, o euro chegou a subir 0,5%, para 1,1140 dólar, antes de devolver alguns ganhos, avançando 0,4%, para 1,1112 dólar.

A libra saltou mais de 1% e os preços das ações britânicas tinham alta nesta quinta-feira devido às notícias sobre o Brexit.

Contra uma cesta de seus rivais, o dólar caía 0,4%, para 97,496, nível mais baixo desde o final de agosto.

O dólar também sofreu no início das negociações no Reino Unido devido aos dados fracos dos EUA.

As vendas no varejo dos EUA caíram pela primeira vez em sete meses em setembro, enquanto um relatório do Federal Reserve descreveu o progresso da economia em termos cautelosos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Economia