IPCA
0,51 Nov.2019
Topo

Tegma é alvo de investigação da PF sobre formação de cartel, ação chega a cair mais de 14%

17/10/2019 14h31

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - Unidades da Tegma em São Bernardo do Campo (SP) foram alvo de busca e apreensão de material nesta quinta-feira pela Polícia Federal, de acordo com a companhia, em operação que apura a formação de cartel envolvendo empresas de transporte rodoviário de veículos novos (cegonheiros).

A Operação Pacto ocorre em conjunto com o Grupos de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado(GAECO) e tem colaboração do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

As ações da Tegma chegaram a recuar mais de 14%, a 30,21 reais, após o fato relevante da empresa sobre a operação e, por volta de 15:35, cediam 11,78%, a 31,07 reais. Até a véspera, os papéis acumulavam alta de 12,5% em outubro.

De acordo com informações da PF, policiais cumpriram mandados de busca e apreensão nas cidades de Santo André (SP), São Bernardo do Campo (SP), Serra (ES), Betim (MG) e Simões Filho (BA).

"A investigação verificou a existência de um acordo anticompetitivo destinado a fixar artificialmente o valor do frete dos veículos 0km, bem como dividir o mercado nacional entre os participantes do cartel", afirmou a PF, explicando que o nome da operação é uma referência ao acordo anticompetitivo existente entre as empresas envolvidas.

Economia