IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Brasil Refinarias pede autorização para construir refinaria na Bahia

21/10/2019 12h27

SÃO PAULO (Reuters) - A Brasil Refinarias, que arrematou áreas em recente rodada de licitação da ANP para exploração de petróleo e gás, pediu à agência reguladora autorização para a construção de uma refinaria de petróleo na Bahia.

O pleito da empresa, que participou da chamada Oferta Permanente da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), em setembro, vem em momento em que o governo brasileiro tenta incentivar uma maior competição no mercado doméstico de refino, inclusive por meio da venda de ativos da estatal Petrobras no segmento.

A unidade da Brasil Refinarias teria como objetivo aumentar a capacidade de oferta de combustível e petroquímicos da indústria nacional, com capacidade nominal de 117 metros cúbicos/dia (m³/d), segundo despacho da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) no Diário Oficial da União desta segunda-feira.

A Brasil Refinarias informou à autarquia que a unidade já tem licença ambiental de instalação, válida até abril de 2022, e teria capacidade para 40 m³/d de óleo combustível, 32 m³/d de óleos especiais e 20m²/d de nafta, alémd e 16 m³/d em parafina.

Apesar da publicação do projeto, a ANP disse que "a documentação apresentada continua em processo de análise".

A Brasil Refinarias arrematou duas áreas na Oferta Permanente da ANP, na Bacia do Recôncavo, por meio de consórcio em que tem 50%, enquanto sua sócia Guindastes Brasil Locação de Equipamentos Ltda tem os outros 50%.

(Por Luciano Costa; edição de Roberto Samora)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Economia