PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Crescimento da zona do euro no 3º tri surpreende; inflação desacelera

31/10/2019 07h54

BRUXELAS (Reuters) - O crescimento econômico da zona do euro no terceiro trimestre contrariou as expectativas do mercado de uma desaceleração e repetiu o ritmo visto no período anterior, mostraram dados preliminares nesta quinta-feira, enquanto a inflação enfraqueceu em meio à forte queda nos preços da energia.

A agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, estimou que o Produto Interno Bruto nos 19 países que usam o euro cresceu 0,2% entre julho e setembro contra os três meses anteriores, o mesmo que no segundo trimestre.

Economistas consultados pela Reuters esperavam expansão de apenas 0,1%. Mas os dados do PIB da Alemanha, maior economia da zona do euro, serão divulgados apenas em 14 de novembro, portanto a estimativa da Eurostat para toda a zona do euro pode ser revisada para baixo se as expectativas de contração na Alemanha se confirmarem.

Separadamente, a Eurostat informou que os preços ao consumidor na zona do euro subiram 0,7% em outubro sobre o ano anterior, de 0,8% em setembro na mesma comparação.

O Banco Central Europeu quer manter a inflação abaixo, mas perto de 2% no médio prazo.

A inflação mais fraca em outubro se deveu principalmente a uma forte queda nos preços de energia. Sem esse componente volátil e também excluindo alimentos não processados, a inflação permaneceu em 1,2%.

(Reportagem de Jan Strupczewski)