PUBLICIDADE
IPCA
1,15 Dez.2019
Topo

Cotações


Índices da China avançam com expectativa de adiamento de tarifas

Noah Sin

Em Hong Kong

11/12/2019 07h31

Os índices acionários da China avançaram hoje diante das expectativas de que novas tarifas dos Estados Unidos sobre produtos chineses podem ser adiadas, mas os ganhos foram limitados em meio à falta de confirmação formal.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, ganhou 0,06%, enquanto o índice de Xangai teve avanço de 0,24%, depois de atingir o nível mais alto desde 20 de novembro durante a sessão.

O subíndice do setor financeiro subiu 0,8%, o de consumo caiu 0,9%, o imobiliário ganhou 0,8% e o de saúde perdeu 0,1%.

Autoridades de Pequim e Washington sinalizaram que 15 de dezembro não é a data final para alcançar a chamada "fase um" do acordo comercial, segundo notícia do Wall Street Journal.

Ainda não há clareza sobre se o presidente dos EUA, Donald Trump, adotará as novas tarifas sobre cerca de 160 bilhões de dólares em produtos chineses em 15 de dezembro, disse uma pessoa a par da situação, acrescentando que os principais assessores econômicos e comerciais da Casa Branca devem se reunir nos próximos dias com Trump para decidir.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,08%, a 23.391 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,79%, a 26.645 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,24%, a 2.924 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,06%, a 3.902 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,36%, a 2.105 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,63%, a 11.700 pontos.

. Em SINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,32%, a 3.172 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,68%, a 6.752 pontos.

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.

Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.

Mais podcasts do UOL no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas

Cotações