PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Magazine Luiza está disposta a sacrificar margens para acelerar vendas

13/12/2019 11h31

Por Gabriela Mello

SÃO PAULO (Reuters) - A Magazine Luiza está disposta a abrir mão de sua margem para entregar um crescimento exponencial nas vendas, disse o presidente-executivo da rede de varejo, nesta sexta-feira.

"Se precisarmos fazer 'trade off' das margens, nós vamos... Eu pensei que este trade off seria até maior, mas conseguimos segurar bastante e manter o nível de rentabilidade", disse o presidente-executivo, Frederico Trajano, em um encontro com investidores e analistas em São Paulo.

A empresa teve margem líquida ajustada de 2,8% no terceiro trimestre, inferior aos 3,3% de um ano atrás.

Nesse contexto, a aquisição da Netshoes adicionou 6 milhões de clientes à base e cerca de 1.000 vendedores, acrescentou Trajano.

O processo de integração com a Netshoes deve começar em janeiro, segundo o diretor executivo comércio eletrônico do Magazine Luiza, Eduardo Benjamin Galanternick. "Envolveu 40 grupos de trabalho analisando mais de 380 processos de melhoria tanto na Netshoes quanto na Magalu", disse ele.

A logística é outra prioridade para a varejista, que pretende estender os serviços de armazenagem e entrega para vendedores do marketplace em 2020, disse Decio Sonohara, diretor executivo de logística.

Atualmente, o Magazine Luiza entrega 66% de todas as vendas próprias em até 48 horas, utilizando principalmente sua própria frota.