PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Wall Street recua com investidores procurando detalhes concretos sobre acordo comercial

13/12/2019 14h23

Por Shreyashi Sanyal

NOVA YORK (Reuters) - Os índices de Wall Street registravam queda nesta sexta-feira, em meio a um pregão volátil, enquanto os investidores continuavam confusos sobre sinais de progresso em um acordo comercial entre os Estados Unidos e a China, apesar de ambas as partes anunciarem terem alcançado um entendimento inicial.

Às 14:21 (horário de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,04%, a 28.122 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 0,034716%, a 3.167 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 0,17%, a 8.733 pontos.

Todos os três principais índices de ações atingiram novos recordes mais cedo na sessão, quando Pequim disse ter concordado com o contexto de um pacto comercial com Washington, mas passaram a cair depois de comentários de que o acordo ainda não havia sido formalmente assinado.

"Neste momento, acho que não sabemos o que sabemos sobre o acordo... então os mercados darão uma pausa, e esperar para ver", disse Randy Frederick, vice-presidente de negociação e derivativos da Charles Schwab.

Um tom positivo sobre o comércio, um Federal Reserve dovish e fortes dados econômicos domésticos alimentaram uma recente intensificação dos negócios em Wall Street, com o índice S&P 500 valorizando neste ano, até o momento, cerca de 26%, caminhando para seu melhor desempenho anual em seis anos.

A Broadcom tinha queda de 5%, pois os analistas mostraram cautela quanto à previsão de receita da fabricante de chips para 2020.

O Adobe valorizava 5% depois que a empresa superou as estimativas dos analistas para receita e lucro no quarto trimestre.