PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Cotações

Índices europeus rondam máximas recordes, Reino Unido de destaca

23/12/2019 15h23

Por Sruthi Shankar

(Reuters) - As ações europeias fecharam bem próximas de máximas históricas nesta segunda-feira, com uma queda nos bancos da zona do euro compensando o otimismo em relação a um acordo comercial entre Estados Unidos e China e os ganhos nas ações do Reino Unido.

Com o volume de negociações reduzido à medida que os investidores se preparam para o Natal, analistas alertaram para a volatilidade dos movimentos do mercado.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,07%, a 1.634 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,03%, a 418 pontos.

O STOXX chegou a atingir mais cedo novo recorde, ajudado pelo nono dia seguido de ganhos no britânico FTSE 100 e pelas compras defensivas que impulsionaram o setor de saúde.

"Sem surpresa, não há muitas notícias para impulsionar o mercado, mas as esperanças de um acordo entre EUA e China continuam oscilando como uma cenoura na frente dos investidores", escreveu Chris Beauchamp, analista de mercado do IG em nota

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse no sábado que Washington e Pequim "muito em breve" assinarão a "fase um" de seu pacto comercial.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,54%, a 7.623 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,13%, a 13.300 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,13%, a 6.029 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,44%, a 23.898 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,16%, a 9.659 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 teve estabilidade, a 5.240 pontos.

Cotações