PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

S&P 500 e Nasdaq batem recordes com IBM e menor receio sobre vírus na China

22/01/2020 12h59

Por Sruthi Shankar

(Reuters) - Os índices S&P 500 e Nasdaq bateram novas máximas históricas nesta quarta-feira, com uma previsão favorável da IBM se somando ao otimismo sobre balanços corporativos, enquanto os esforços da China para conter um surto de vírus diminuíam as preocupações com uma maior repercussão financeira.

As ações da IBM subiam 4,1%. A empresa previu lucro anual acima das expectativas do mercado com a força em seus negócios de computação em nuvem, de elevadas margens.

Os papéis do setor de tecnologia, que tiveram protagonismo no recente rali de Wall Street para recordes, subiam 0,8%.

Investidores minimizavam temores relacionados a um novo vírus da China que matou nove e infectou 440 no país depois de o presidente Xi Jinping dizer que conter o surto e salvar vidas era uma prioridade.

"Embora o número de mortos tenha aumentado para nove, parece que a afirmação de que (o vírus) está restrito à China está contendo temores de que isso esteja se transformando em epidemia", disse Art Hogan, estrategista-chefe de mercado da National Securities em Nova York.

As ações da Netflix abandonaram os ganhos e caíam 3,1%, após a empresa de streaming de vídeo superar estimativas de crescimento trimestral de assinaturas, mas alertar contra um primeiro trimestre difícil.

Johnson & Johnson cedia 1,9%, depois de o conglomerado da área de saúde prever lucro para o ano inteiro bem abaixo das expectativas.

Boeing estendia perdas e recuava 0,9%, após anunciar um novo atraso no retorno à operação de seus jatos 737 MAX.

Às 12:53 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,28%, a 29.2782 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 0,45%, a 3.3336 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 0,67%, a 9.434 pontos.