PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

S&P e Nasdaq têm recordes com dados fortes e alívio em preocupação com vírus

05/02/2020 18h16

Por Lewis Krauskopf

NOVA YORK (Reuters) - O índice S&P 500 registrou máxima recorde de fechamento nesta quarta-feira, com os mercados acionários dos Estados Unidos engatando o terceiro dia de rali em meio a dados econômicos positivos do país e à redução dos temores quanto ao impacto financeiro do surto de coronavírus na China.

O Nasdaq também atingiu máxima recorde, mas as fortes perdas nas ações da Tesla limitaram o avanço do índice.

O Dow Jones teve alta de 1,68%, a 29.290,85 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 1,13%, a 3.334,69 pontos, e o Nasdaq avançou 0,43%, para 9.508,68 pontos.

O Relatório Nacional de Emprego da ADP mostrou que a criação de vagas no setor privado dos EUA atingiu 291 mil em janeiro, maior número desde maio de 2015, enquanto dados divulgados à parte apontaram para uma aceleração do setor de serviços norte-americano no mês passado, sugerindo que a economia do país continua a crescer moderadamente neste ano, mesmo com uma redução nos gastos dos consumidores.

"Há poucas alternativas às ações neste ambiente de juros baixos, e enquanto a economia mostrar que pode se manter firme, as pessoas continuarão voltando para o mercado, que é visto como o lugar para se investir", disse Rick Mecler, sócio da Cherry Lane Investiments.

O S&P 500 mais do que recuperou as fortes perdas da semana passada após a China ampliar a liquidez para limitar o impacto econômico do surto de coronavírus.

O setor de óleo e gás foi o de melhor performance no S&P 500, avançando 3,8% em meio a um salto nos preços do petróleo.

(Reportagem adicional de Medha Singh em Bengaluru)