PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Vale pode interromper operações de centro na Malásia; vê impacto em vendas do 1º tri

18/03/2020 09h22

Por Marta Nogueira

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Vale poderá interromper temporariamente operações de seu centro de distribuição na Malásia, em meio a medidas do governo local e da mineradora devido à pandemia do novo coronavírus, o que teria impacto aproximadamente 800 mil toneladas nas vendas de minério de ferro do primeiro trimestre, informou a companhia em fato relevante nesta quarta-feira.

A interrupção temporária no centro de distribuição (Terminal Marítimo Teluk Rubiah) poderá ocorrer a partir de sábado e se estender até 31 de março, segundo a Vale.

O terminal enviou 23,7 milhões de toneladas de minério de ferro em 2019, informou a companhia no comunicado.

Apesar da estimativa de impacto trimestral, a empresa disse que mantém sua previsão de produção e vendas para 2020.

"A Vale mantém comunicação com as autoridades para esclarecer supostas restrições impostas pelo governo local ao transporte entre cidades, o que poderia limitar o acesso dos trabalhadores ao TRMT", afirmou a mineradora.

Nesse cenário, os navios que se dirigem ao terminal serão redirecionados e redistribuídos entre instalações de blendagem da companhia na China.

"Um aumento imaterial dos custos é esperado devido à logística adicional", afirmou a Vale.

Em fevereiro, a Vale já havia reduzido as estimativas de produção de minério de ferro no primeiro trimestre para entre 63-68 milhões de toneladas, devido principalmente a questões operacionais na mina de Brucutu, sua maior produtora em Minas Gerais.

(Por Marta Nogueira)