PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Eletrobras tem 9 empregados sob tratamento por coronavírus e 54 casos suspeitos

15/04/2020 09h50

SÃO PAULO (Reuters) - A estatal Eletrobras, maior empresa de energia elétrica da América Latina, registra no momento nove empregados em tratamento contra o novo coronavírus e 54 casos de suspeitos da doença e em quarentena entre seu quadro de quase 12,7 mil funcionários.

A companhia, responsável por quase um terço da capacidade de geração de energia do Brasil e metade da rede de transmissão, ainda registrava dois empregados recuperados do vírus até 13 de abril, segundo dados divulgados pela empresa em comunicado na noite de terça-feira.

A Eletrobras, que está com 68% da força de trabalho em regime de home office, registrava 66 casos suspeitos de coronavírus e em quarentena em 7 de abril, de acordo com os números.

A estatal informou que possui atualmente 1,7 mil empregados, ou 14% do quadro, em unidades operacionais, que são consideradas serviços essenciais para garantir o fornecimento de energia.

"No momento, os ativos das empresas Eletrobras estão operando normalmente e os turnos têm sido pontualmente ajustados", afirmou a companhia no comunicado.

"Os centros de operação de sistema e de instalações dispõem de backup, podendo ter suas operações assumidas por outros centros imediatamente no caso de contaminação, até que ações de descontaminação sejam realizadas e uma nova equipe assuma", acrescentou a elétrica.

A Eletrobras afirmou ainda que foram implementadas pela companhia "providências previstas nas medidas provisórias 927 e 932", que permitem entre outras medidas o diferimento do recolhimento de FGTS e redução de contribuições ao chamado sistema S.

Sem detalhar, a companhia disse que a adesão aos dispositivos das MPs terá "reflexos positivos no fluxo de caixa".

(Por Luciano Costa)