PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

BC do Chile diz que política monetária expansiva permanecerá por "período prolongado"

16/04/2020 10h08

SANTIAGO (Reuters) - O banco central do Chile vê necessidade de manter uma política monetária expansionista por um "período prolongado", a fim de combater os impactos crescentes do novo coronavírus na economia do país, de acordo com a ata da reunião de política monetária do banco e divulgada nesta quinta-feira.

No final de março, o banco central do Chile reduziu sua taxa de juros de referência para 0,50%, a menor desde 2009, alertando para uma contração econômica "severa" como resultado da rápida disseminação do surto de coronavírus.

O banco já havia baixado a taxa de juros em 0,75 ponto percentual, para 1%, em reunião de emergência em meados de março, logo após os primeiros casos da doença respiratória causada pelo vírus terem sido relatados no Chile.

(Reportagem de Dave Sherwood e Fabian Cambero)