PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Ibovespa opera acima de 80 mil pontos com apoio do exterior

22/04/2020 12h20

Por Peter Frontini

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa registrava firme alta nesta quarta-feira, perto do patamar de 81 mil pontos, com papéis de Petrobras como destaque de ganhos e apoio da influência externa positiva.

Às 12:18, o Ibovespa subia 2,59 %, a 81.019,71 pontos. O volume financeiro da sessão somava 8,8 bilhões de reais.

Antes da abertura da sessão regular, o principal contrato futuro de Ibovespa chegou a cair mais de 1%, diante da queda de bolsas internacionais na véspera, quando a bolsa paulista estava fechada por conta do feriado de Tiradentes.

Mas logo o viés mudou, seguindo a melhora de mercados globais, que reagiam a resultados trimestrais mais fortes do que o esperado de empresas dos Estados Unidos, novos estímulos do governo norte-americano para reduzir o impacto do coronavírus, além da recuperação parcial dos futuros de petróleo.

Após colapso histórico, o petróleo brent começava a se recuperar, tendo recuado mais cedo para abaixo de 16 dólares, menor nível desde 1999, impulsionados por cortes voluntários e forçados de produção, como forma de combater o excesso de oferta causado pela crise do coronavírus.

O Brent subia cerca de 10%, enquanto o petróleo dos Estados Unidos avançava 30%.

No cenário doméstico, a semana também é marcada pelo início da temporada de balanços referentes ao primeiro trimestre, com Hypera divulgando seus resultados na sexta-feira.

A XP Investimentos apontou que o destaque da temporada devem ser as perspectivas de executivos sobre para o restante do ano, uma vez que o impacto da pandemia de coronavírus deve ocorrer principalmente a partir do segundo trimestre.

DESTAQUES

- PETROBRAS ON e PETROBRAS PN subiam cerca de 1,8%, com a melhora parcial dos futuros de petróleo.

- GPA avançava 5,86%, após divulgar alta de 14% nas vendas totais do primeiro trimestre. Outras empresas do setor varejista também registravam sessão positiva: B2W GLOBAL ON ganhava 12%, VIA VAREJO ON subia 5,31% e MAGAZINE LUIZA ON valorizava-se 5,9%.

- EMBRAER ON recuava 2%, como maior queda da sessão. A empresa afirmou que está discutindo prorrogar a data limite inicial para conclusão do acordo de venda de sua operação comercial para a norte-americana Boeing.

-ITAÚ UNIBANCO PN subia 0,5%. O banco anunciou nesta quarta-feira a alternativa de alongamento de operações de crédito para parte de seus clientes pessoas físicas e empresas de pequeno porte. No setor, BANCO DO BRASIL ON caía 0,3%, SANTANDER BR UNT avançava 0,2%, enquanto BRADESCO PN era o destaque positivo, com alta de 1,5%.