PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

Bolsonaro reforça condição de "posto Ipiranga" de Paulo Guedes

07/05/2020 20h18

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira que Paulo Guedes segue como seu "posto Ipiranga", reforçando o apoio ao ministro cuja permanência no cargo chegou a ser posta em dúvida depois que o ex-ministro da Justiça Sergio Moro deixou o governo e a Casa Civil anunciou um plano de retomada sem a participação da equipe econômica.

A declaração foi dada no Palácio do Alvorada, quando o presidente foi questionado por jornalistas sobre a possibilidade da criação de ministério separado para a Segurança Pública, hoje parte do Ministério da Justiça. Bolsonaro fez uma comparação com o Ministério da Economia, que em seu governo incorporou outras pastas. O presidente disse que chegou a avaliar que o ministério ficou muito grande.

"Ele (Guedes) quer continuar dessa maneira, e eu tenho que acreditar. Não adianta eu acreditar em duas pessoas", disse. "Você tem que seguir uma, e o Paulo Guedes continua sendo o meu posto Ipiranga."

Mais cedo, Bolsonaro disse que segue a cartilha de Guedes e que vai acatar recomendação do ministro de vetar trecho de projeto aprovado pelo Congresso que exclui algumas categorias de servidores de regra de congelamento salarial.

A saída conturbada de Moro do governo, no final de abril, alimentou preocupações no mercado sobre o futuro de Guedes no governo, após o ministro da Economia já ter ficado fora de um anúncio sobre um programa de retomada da economia, posteriormente posto na geladeira.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

Economia