PUBLICIDADE
IPCA
0,26 Jun.2020
Topo

Governo registra 159 médicos cubanos para atuar no combate ao coronavírus

18/05/2020 12h40

BRASÍLIA (Reuters) - O Ministério da Saúde concedeu registro profissional e reincorporou ao programa Mais Médicos 159 médicos cubanos que permaneceram no país depois do fim do contrato com a Organização Panamericana de Saúde (Opas), mas que não estavam autorizados ainda a trabalhar, de forma a reforçar o combate à pandemia de coronavírus.

O governo brasileiro abriu em março um edital para contratação emergencial de profissionais dentro do programa Mais Médicos para combate ao coronavírus e autorizou os cubanos a participarem. No entanto, eles só poderiam ser convocado depois da terceira chamada -- a prioridade seria dada a médicos brasileiros ou àqueles que já tivessem validação do diploma no país.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, no total 524 médicos cubanos se inscreveram nos editais e o total de inscrições chegou a 7.167 médicos. Cerca de 4 mil já foram chamados.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)

Economia